Concurso AGU 2018: SAIU autorização para edital com 100 vagas!

Advocacia Geral da União -AGU

O pedido do concurso público para a Advocacia-Geral da União (Concurso AGU 2018) feito ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) foi oficialmente autorizado. A publicação de portaria foi realizada nesta quinta-feira, 14 de junho, no Diário Oficial da União.

De acordo com o documento serão preenchidas 100 vagas pelo concurso AGU 2018 distribuídas entre os cargos de Administrador (48), Analista Técnico Administrativo (10), Arquivista (2), Bibliotecário (1), Contador (1), Técnico em Assuntos Educacionais (1), Técnico em Comunicação Social (5).

A autorização informa também que a publicação do edital deverá acontecer em no máximo 6 meses, ou seja, até o dia 14 de dezembro.

Confira o documento completo abaixo:

Concurso AGU 2018: autorização publicada!

Cargos vagos e PL que cria mais de 3.000 cargos ao concurso AGU 2018
O AGU tem um Projeto de Lei nº 6.788/2017, que cria o Plano Especial de Cargos de Apoio, tramitando no Congresso Nacional. A criação é de 3 mil vagas. O PL vem avançando nas comissões da Câmara dos Deputados. Se aprovado na Casa, o texto seguirá para o Senado Federal, passando por sanção.

Atualmente, a AGU tem mais de 500 cargos vagos. Além disso, o projeto de lei que cria a carreira de apoio própria da AGU (nº 6.788/17), que tramita no Congresso Nacional, prevê a criação de três mil cargos. Hoje, a remuneração inicial (composta de vencimento básico e gratificação) dos servidores da AGU é de R$ 6,2 mil (nível superior) e R$ 4,1 mil (nível médio).

Caso o pedido fosse atendido na íntegra, seriam ofertadas 349 vagas para a função de assistente técnico administrativo, que exige apenas o nível médio e tem remuneração de R$ 4.100,92. As demais oportunidades do concurso AGU seriam para cargos dos níveis médio/técnico e superior, com rendimentos de R$ 4.100,92 e R$ 6.252,19 respectivamente. Para graduados, as maiores ofertas são para contador (258) e administrador. Veja o quantitativo solicitado.

Criação de cargos para o concurso AGU 2018
Das 3 mil vagas que o PL busca criar, mil são para técnico de apoio à atividade jurídica (médio ou médio/técnico e R$ 3.953,92) e 2 mil para analista de apoio à atividade jurídica (superior e R$ 5.752,52). Se o PL for aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente MichelTemer, tais vagas deverão contempladas no novo concurso AGU.

TCU já apontou necessidade de um novo concurso AGU 2018
Um outro reforço para a realização do concurso AGU é o projeto de lei 4253/2015, que visa a criação de vagas em diversos órgãos federais. O PL já tramita na Câmara dos Deputados e em breve deverá ser aprovados pelo Congresso Nacional. De acordo com o documento, atualmente, para atender aos mais de oito mil membros das carreiras jurídicas da Advocacia-Geral da União, a AGU conta com o apoio de 3.998 servidores, sendo que desses 2.432 são cedidos ou requisitados de outros órgãos, sendo que apenas 1.313 deles são provenientes do Poder Executivo Federal.

Por esse motivo o TCU recomendou que a AGU empenhe-se na adoção de providências tendentes a suprir-se de quadro de pessoal efetivo, de modo que o instituto da requisição passe a ser utilizado tão somente pelo tempo necessário ao atendimento do interesse público específico e pontual que motivou a requisição, deixando de servir como forma de preenchimento permanente dos quadros funcionais do órgão requisitante, cujos cargos devem ser providos por meio de concurso público.

O concurso AGU é uma excelente oportunidade pois além da estabilidade e das boas remunerações, é em um órgão de grande importância nacional.

Último concurso AGU
O concurso da área de apoio de 2014 contemplou os quadros da AGU e da Secretaria de Portos da Presidência da República. Para a AGU, os cargos ofertados foram técnico em contabilidade (médio/técnico e R$ 3.953,92), além de técnico em comunicação social, bibliotecário e analista de sistemas, todos para graduados nas áreas mencionadas.

Houve chances ainda para analista técnico administrativo, para quem tem qualquer formação. Os ganhos dos analistas são de R$ 5.752,52. Para a Secretaria de Portos, as funções contempladas foram agente administrativo (nível médio e R$ 3.276,02) e técnico em contabilidade (médio/técnico e R$ 3.276,02). No nível superior, as oportunidades foram para administrador, contador e economista, para formados nessas áreas.

Também houve a oferta de vagas para analista técnico administrativo, cargo destinado a graduados em qualquer área. A remuneração desses analistas é de R$ 4.705,82, exceto economistas, que têm ganhos de R$5.792,90. Em todos os valores já está somado o auxílio-alimentação de R$ 458.

Em 2014, foram 100 vagas, sendo 60 para a AGU e 40 para a Secretaria de Portos. Os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, sendo uma de Conhecimentos Básicos(50 questões) e outra de Específicos (30). A organização coube ao Cebraspe (antigo Cespe/UnB).

Para todos os cargos, exceto analista de sistemas, a objetiva, versou sobre:

    – Português (15 questões),
    – Raciocínio Lógico (15),
    – Noções de Informática (dez ) e
    – Conhecimentos Gerais (dez), na parte de Conhecimentos Básicos, e Conhecimentos Específicos (30).

Para analista de sistemas, a prova foi sobre:

   – Português (15 questões),
   – Raciocínio Lógico (15),
   – Inglês (dez) e
   – Conhecimentos Gerais (dez), em Conhecimentos Básicos, além de Conhecimentos Específicos (30).

Detalhes concurso AGU 2018:
Concurso: Advocacia-Geral da União (Concurso AGU 2018)
Banca organizadora: A DEFINIR
Cargos: DIVERSOS
Escolaridade: NÍVEL SUPERIOR
Número de vagas: 100 atendidas + CR
Remuneração: Até R$ 6 mil
Situação: AUTORIZADO
Previsão de publicação do edital: 2018
Link do último edital
Fonte:Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*