Concurso IPHAN: Saiu o EDITAL! 411 vagas para níveis médio e superior!

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Concurso IPHAN 2018) divulgou no Diário Oficial da União desta terça-feira, 12 de junho, o edital de abertura de seu concurso público. O organizador é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção e Eventos (Cebraspe).

Serão providas pelo certame 411 vagas imediatas, sendo 5% reservadas para candidatos com deficiência, nos cargos de Analista I (104), Técnico I (176) e Auxiliar Institucional I (131). A remuneração ofertada varia de R$ 3.419,97 a R$ 5.035,29 por jornada semanal de trabalho de 40 horas.

As vagas são destinadas aos estados da federação e ao Distrito Federal, e poderão ser distribuídas entre as sedes do IPHAN nas capitais das 26 unidades da Federação e no Distrito Federal ou nos Escritórios Técnicos existentes nas seguintes cidades: AL – Piranhas; BA – Cachoeira, Lençóis, Porto Seguro e Rio de Contas; CE – Icó e Sobral; GO – Goiás e Pirenópolis; MA – Alcântara; MG – Congonhas, Diamantina, Mariana, Ouro Preto, São João Del Rei, Serro e Tiradentes; MS – Corumbá; PB – Areia; PE – Fernando de Noronha, Igarassu e Olinda; PI – Parnaíba e São Raimundo Nonato; RJ – Paraty, Petrópolis, São Pedro D´Aldeia, Vassouras; RS – Antônio Prado, Jaguarão e São Miguel das Missões; SC – Laguna, Pomerode e São Francisco do Sul; SE – São Cristóvão; SP – Iguape; TO – Natividade.

Concurso Iphan: inscrições
Os interessados deverão se inscrever via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/iphan_18, no período entre 10 horas do dia 18 de junho de 2018 e 18 horas do dia 9 de julho de 2018 (horário oficial de Brasília/DF). O valor da taxa de inscrição é de R$ 84 para nível médio e R$ 117 para nível superior. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 30 de julho de 2018.

Das fases do concurso Iphan
Os candidatos a cargos de nível médio e superior serão avaliados por prova objetiva e discursiva, de caráter classificatório e eliminatório, composta de 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. A aplicação da prova está prevista para o dia 26 de agosto de 2018 com duração será de 4 horas e 30 minutos, no turno da manhã para os cargos de nível superior e no turno da tarde para os cargos de nível médio.

Para os cargos de nível superior haverá ainda prova de título de caráter classificatório.

Os locais de realização das provas serão divulgados no site do Cebraspe no dia 16 de agosto de 2018.

Concurso Iphan: regime jurídico dos nomeados
Os candidatos nomeados estarão subordinados ao Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações).

Concurso IPHAN: Sobre o orgão
O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras.

O Iphan possui 27 Superintendências (uma em cada Unidade Federativa); 27 Escritórios Técnicos, a maioria deles localizados em cidades que são conjuntos urbanos tombados, as chamadas Cidades Históricas; e, ainda, cinco Unidades Especiais, sendo quatro delas no Rio de Janeiro: Centro Lucio Costa, Sítio Roberto Burle Marx, Paço Imperial e Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular; e, uma em Brasília, o Centro Nacional de Arqueologia.

O Iphan também responde pela conservação, salvaguarda e monitoramento dos bens culturais brasileiros inscritos na Lista do Patrimônio Mundial e na Lista o Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, conforme convenções da Unesco, respectivamente, a Convenção do Patrimônio Mundial de 1972 e a Convenção do Patrimônio Cultural Imaterial de 2003.

Histórico – Desde a criação do Instituto, em 13 de janeiro de 1937, por meio da Lei nº 378, assinada pelo então presidente Getúlio Vargas, os conceitos que orientam a atuação do Instituto têm evoluído, mantendo sempre relação com os marcos legais. A Constituição Brasileira de 1988, em seu artigo 216, define o patrimônio cultural como formas de expressão, modos de criar, fazer e viver. Também são assim reconhecidas as criações científicas, artísticas e tecnológicas; as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais; e, ainda, os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.

Nos artigos 215 e 216, a Constituição reconhece a existência de bens culturais de natureza material e imaterial, além de estabelecer as formas de preservação desse patrimônio: o registro, o inventário e o tombamento.

Detalhes concurso IPHAN:
Concurso: Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Concurso IPHAN)
Banca organizadora: Cebraspe
Cargo: Analista I, Técnico I Auxiliar Institucional I.
Escolaridade: Médio e superior
Número de vagas: 415
Remuneração: Até R$ 5 mil
Inscrições: de 18 de junho a 09 de julho de 2018
Taxa: R$ 84 ou R$ 117
Data da prova objetiva: 26 de agosto de 2018
Fonte:Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*